2 comentários

Dn’s

Entrevista com Memet

Vodpod videos no longer available.

Yo! Venho aqui trazer só uma parte de uma das Dn’s do dia 01/08/13 no qual teve uma entrevista com o Dev Memet…

Eu só traduzi a parte da entrevista que pra mim é a coisa mais importante da Dn, então boa leitura pra vocês!

A entrevista foi feita pelo Nostgnal, o mesmo que entrevistou Dage The Evil

Como você descreveria o que você faz na AE?

Bem, eu estou numa espécie de um período de transição. Eu acho que é por isso que esta é uma pergunta difícil de responder. Eu costumava me concentrar completamente na arte. Eu estava fazendo armas, armaduras, e animais de estimação. Eu aprendi alguma coisa com animação. Nas duas últimas semanas eu estive aprendendo um monte de coisas sobre os aspectos mais behind-the-scenes do jogo. Fui aprendendo a criar missões, na verdade eu estou fazendo isso hoje. Eu adicionei itens ao banco de dados, eu tenho vindo a fazer anúncios … vou estar escrevendo Desing Notes. Eu escrevi algumas DNS, mas eu acho que a Alina publicou no nome dela.

Oh! Eu também trabalhei na atualização da arte do monstro esqueletico de hoje!

Então você está realmente em todo o lugar, hein?

Eu estive em todo o lugar recentemente, sim. É bem legal porque está realmente me fazendo me sentir mais conectado com os jogos e o que estamos fazendo, não apenas com foco na
arte.

O que você faz que você não considera ser uma parte de sua descrição de trabalho?

Eu não acredito que exista tal coisa. Acho que agora meu trabalho é “ajudar Alina fazer o jogo sair.” Então, sim, qualquer coisa que fizer isso. Qualquer coisa que ajude a
sociedade como um todo, um suar mais leve.

Como é que surgiu o conceito para o seu NPC?

Imaginei, todo mundo tem um NPC humanóide, humano ou, então você sabe, eu não queria fazer isso. Eu acho que eu gosto da idéia de algo que parece inocente e inofensivo, mas definitivamente não é. Eu sempre gostei do conceito de metamorfos e coisas para fazer com magia e sonhos.

Quando você desenha, onde você encontra a sua inspiração?

Essa é uma daquelas perguntas que é realmente difícil de responder. Literalmente, em todo o lugar. Claro, eu olho para outros jogos para inspiração, mas também filmes, na vida real, nos meus sonhos. Às vezes coisas aparecem na minha cabeça e eu não tenho nenhuma ideia de onde veio. Das nuvens, eu acho. Mas sim, eu tento não me limitar. Eu acho que se você está apenas inspirando-se em uma fonte, você meio que … você acaba cobrindo-se, se isso faz sentido você só está fazendo a mesma coisa uma vez e outra, fazendo a mesma coisa que todo mundo está fazendo. Eu tento evitar isso.

Como você fez o seu caminho para AE?

Conheço Zazul e Nythera desde a faculdade. Na verdade, eu tinha um programa de rádio na USF com Zazul. Nós tocávamos música gótica e industrial. Na época Zazul era o chefe da estação, e eu era o DJ no comando das coisas góticas, industrial. Eu acho que Nythera também ficou lá por um tempo. Quando eu estava procurando um emprego, Nythera me disse que havia uma vaga no departamento de suporte ao jogador. Eu me candidatei e eles me contrataram. Então Alina descobriu que eu sabia desenhar, então eu fui para o departamento de arte do AQWorlds. Então Alina precisava de um assistente, por isso estou aqui.

O que você fez antes de vir para AE?

Oh, caramba. Hum, eu tive um monte de empregos esquisitos.

Oh, você precisa explicar todos eles agora.

(Risos) Bem, na faculdade, eu trabalhei em uma adega de engarrafamento tradicional local. Eu literalmente acabei fazendo vinho. Isso foi muito legal. Deixei a adega para trabalhar para o departamento de arte por um semestre, cuidando da área de cerâmica, misturando esmaltes. Ajudei a construir um forno de refrigerante. Depois eu consegui um emprego em uma loja de discos por um tempo. Isso foi provavelmente muito normal, eu acho. Diretamente antes de trabalhar aqui, eu trabalhava como editor de fotos para um local que faz fotos de escola. Essencialmente, eu iria editar o ranho fora dos rostos das crianças. Eu não estou brincando. 90% das coisas que eu fazia era isso, coisas como “Oh, não, ele estava comendo meleca”, ou “Oh merda, seu nariz estava escorrendo.”

Quando você estava crescendo, você pensou que você seria da indústria de jogos fazendo arte?

Eu queria, mas eu realmente não sabia como fazer. Eu estava realmente interessado em fazer quadrinhos e jogos, e eu definitivamente sabia que eu queria fazer arte de alguma forma. Eu joguei um monte de jogos quando estava crescendo. Tais como … a franquia Final Fantasy, Legend of Zelda, coisas assim. Quando eu era bem pequeno, eu jogava Pitfall no Atari.

O que te inspirou a usar e aprender Flash?

Na verdade, estava com foco em programas mais orgânicos, como Photoshop e Painter. Eu acabei aprendendo Flash na AE. Eu tinha uma familiaridade com os programas de vetor, mas eu nunca tinha realmente um motivo para se concentrar neles. Quando Alina disse que ela queria ver como eu estava com o estilo AQWorlds, eu tive que aprender Flash. Eu peguei o jeito muito rápido.

Fora do laboratório, você se socializa com outros membros da equipe AE?

Bem, Neveya é o meu vizinho do lado, e vive Zazul em nosso complexo de apartamentos, assim eu saio com eles um monte. Eu saio com a Nythera muito. Eu fui chamado para sair com a Jemini e Samba. Na verdade, eu amo todo mundo com quem trabalho. Não há ninguém que eu não gostaria de socializar. Este é provavelmente o primeiro trabalho que eu tive, onde eu me senti assim.

Qual é o seu programa diário?

Eu acordo, eu venho para o escritório, eu descubro o que precisa ser feito, e então eu vejo um jeito para que eu possa fazê-lo da melhor forma possível. Mas às vezes as coisas deixam de ser coisas que eu preciso para trabalhar. É tipo como “Oh merda, precisamos fazer isso agora.” Eu não sei se está realmente programado. Então eu vou para casa e se eu tiver tempo para desenhar, eu faço. A vida em casa parece muito com o trabalho, na verdade. Há sempre algo diferente que precisa ser feito, algum recado que precisa ser enviado. Então, quando eu posso encontrar tempo para ser criativo, eu definitivamente sou, e quando eu posso encontrar tempo para jogar, eu faço, mas na maior parte eu tenho que limpar a casa e outras coisas chatas assim.

Se você pudesse dominar uma habilidade diferente, além de arte, o que seria?

Oh, além de arte? Hmmm. Bem, eu estou supondo as coisas mais criativas que se enquadram nessa categoria.

Bem, digamos que além de desenho. 

Eu definitivamente quero aprender arte 3-D. Eu já me interessei antes, e eu meio que sei o que é para fazer, mas não é realmente isso. Mas esse é um tipo de trapaça. E essa é uma resposta fraudulenta. Eu quero ficar melhor na escrita, mas isso é arte também. Hmm … Eu gostaria de construir robôs. Você sabe, eu quero ficar melhor em 3-D, coisas assim. Tipo, eu realmente quero fazer figuras de ação.

O que você quer ver acontecer para o próximo lançamento?

Como, na próxima semana?

Sim.

Hum, o que eu posso dizer … Eu quero ver o jogo não travar. Não ter bugs no lançamento.
Algo realista embora. Eu gostaria de ver Zazul assumir e transformar toda a cidade de battleon em um grande, carnaval do mal.

De todos os lançamentos que você já viu até agora, qual é o seu favorito?

Eu estava realmente envolvido no material de Darkblood. Eu não acho que isso é um segredo. Eu fiz um monte de obras de arte para as armaduras e outras coisas, porque eu pensei que eles eram muito incríveis. Isso é fresco da minha cabeça, porque era algo que eu estava realmente envolvido.

Qual foi o mais agitado, louco, evento catastroficamente-apocalíptico que você não fez parte?

Oooh, bem foi que um acontecimento onde Ghost perdeu acesso à Internet. Ele tinha feito tudo da animação e de repente ele não pode enviar para nós, porque ele não tinha internet. Samba e Cysero tiveram que fazer uma animação derp da coisa toda. Isso não era realmente meu problema, pois eu não sabia como animar no momento, mas sendo para o laboratório ou para ele, era, obviamente, muito louco.

Se você não estivesse trabalhando em AE, onde estaria atuando?

Nos meus sonhos, ou na realidade?

Vamos fazer as duas coisas. Comece com o seu emprego dos sonhos.

Eu não me importaria de trabalhar em filmes. Nos bastidores, talvez. Eu tive esta classe na USF. Era tecnicamente uma classe de escultura, mas fomos aprendendo a construir cenários e dioramas e outras coisas, e eu gostaria de fazer esse tipo de coisa. Eu gostaria de ser alguém como Guillermo Del Toro, seja como diretor ou roteirista, ou trabalhando nos efeitos especiais e maquiagem. Na realidade, eu não tenho ideia o que eu estaria fazendo. Eu nem sei o que está disponível para os artistas agora. Eu provavelmente estaria freelancer e eu odeio isso.

_

Essa foi a entrevista toda, tinha mais coisa na DN mas não vi necessidade de botar no post. Peço que se tiver alguma coisa errada no post me corrijam.

988709_661199603907372_1962596075_n

Imagem Grassadona do post

 

Então é isso.

Bye😉

About Tio Lucas Tuts Tuts

Janela

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: